Eu tenho medo!

large“Eu tenho medo do tempo. Eu tenho medo do destino. Eu tenho medo das minhas escolhas, para onde elas vão me levar no fim das contas. Eu tenho medo de perder as pessoas que eu amo, sem antes dizer que as amo. Eu tenho medo da tristeza, mas possuo mais medo ainda da felicidade. Eu tenho medo de não consegui ser feliz. Eu tenho medo da morte. Eu tenho medo da vida. Eu tenho medo do “eu não te amo”. Eu tenho medo de perder meus amigos. Eu tenho medo do futuro, mesmo sabendo que a cada segundo que passa vivo ele. Eu tenho medo do amanhã, mas prefiro viver ele do que o hoje. Eu tenho medo das consequências dos meus atos. Eu tenho medo de agir por impulso e não consegui voltar atrás a tempo de consertar o que fiz. Eu tenho medo do escuro, mas me sinto tão bem nele. Eu tenho medo de perguntas, mas adoro fazê-las. Eu tenho medo de sensações diferentes, mas sinto que o diferente é tão intensão que vivo querendo vivê-lo. Eu tenho medo de segundos/minutos, eles são capazes de mudar nossas vidas. Eu tenho medo de caminhos. Eu tenho medo dos meus professores. Eu tenho medo de me apaixonar. Eu tenho medo de não consegui atravessar o rio da vida. Eu tenho medo da solidão. Eu tenho medo do amor. Eu tenho medo de está fazendo tudo errado. Eu tenho medo de mim, de quem eu sou, de quem eu irei me tornar. Eu tenho medo de mudanças, mas com o tempo sei que irei me acostumar com elas. Eu tenho medo de não ter tempo de conhecer os lugares onde quero ir. Eu tenho medo de viagens, mas sempre fico feliz quando vou participar de uma. Eu tenho medo de me perder e nunca ser encontrada. Eu tenho medo de não passar no vestibular. Eu tenho medo de bonecas, algo me diz que elas não são confiáveis. Eu tenho medo de agulhas, acho que esse é um medo que nunca conseguirei superar. Eu tenho medo da tempestade, embora eu ame dançar nela. Eu tenho medo de ser abandonada. Eu tenho medo de ser eu mesma. Eu tenho medo de filmes de terror, no entanto eles fazem parte do meu mundo. Eu tenho medo dos meus textos, mas amo escreve-los. Eu tenho medo de sorrisos e olhares, porém sou apaixonada por eles. Eu tenho medo de não consegui escrever um livro. Eu tenho medo daquela frase, “felizes para sempre”, mas mesmo assim não consigo parar de coloca-la nas histórias que escrevo. Eu tenho medo de esperar tanto pelo cara perfeito, meu cara perfeito e ele acabar nunca aparecendo. Eu tenho medo de não consegui realizar meus sonhos. Eu tenho medo do “primeiro” beijo. Eu tenho medo do desconhecido. Eu tenho medo da minha coragem. Eu tenho medo das minhas atitudes. Eu tenho medo das coisas que eu gosto. Eu tenho medo do meu medo. Eu tenho medo até das coisas que não tenho medo. Eu tenho medo de tudo e esse tudo às vezes se transforma em nada.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s