Presa em um caos chamado, VIDA!

tumblr_nec6hhqs271thynt0o1_500Escrever sobre minha vida é uma prova que não consigo escrever sobre a vida do meu vizinho, de um desconhecido, ou do meu gato – mentira, acho que a história do meu gato eu consigo contar. Mas gosto de conversar sobre o meu cotidiano. E neste momento sou como uma rodovia congestionada. Estou dentro de um carro no meio de tantos outros que estão ao meu redor, estou sem um rumo, e por conta disso me encontro aqui nesse congestionamento, por não ter um destino para onde possa me dirigir. É assim que me vejo ultimamente – presa a um presente que nunca quis chamá-lo de meu.

Uma vez ou outra eu consigo levar um pouco adiante meu carro, tem dias que consigo acelerar a velocidade e assim pensar: É hoje! Mais tarde não irá ter nenhum carro na estrada para me impedir de correr na minha velocidade, na velocidade que quero para os meus dias. Assim vou a 60km, 80km, 85km, e de repente me deparo voltando a 40km/h e indo para os 35km/h. O congestionamento começa a aparecer e me faz voltar para a realidade, vejo que hoje não irá ser o dia e tudo o que me resta é ter esperança que amanhã seja o dia certo.

Só que enquanto nada muda, passo meu tempo analisando tudo o que está a minha volta, a todos os carrinhos que estão ali também, a todas as pessoas que estão dentro deles e percebo que não sou a única nessa mesma situação. Olho para a velhinha que está na minivan ao meu lado e vejo pela sua expressão que ela não está feliz de está aqui no meio deste caos, a minha frente tem um homem que parece está atrasado para algum compromisso, ele não para de reclamar e buzinar – até parece que isso vai funcionar, confesso que assim que enfrentei meu primeiro congestionamento fiz o mesmo que ele e aprendi que de nada adianta isso. Lá mais na frente tem um rapaz que parece está curtindo tudo isso, na certa não tem um rumo igual eu.. E assim continuo observando-os até eu poder novamente acelerar.

Diante de tudo isso acabo me sentindo triste. Mesmo sabendo que não sou a única que está passando por isso tenho medo de ficar presa aqui para sempre. Eu procuro diversas maneiras para sair daqui, a cada dia crio um novo plano para mim, mas as coisas se complicam na hora de colocá-lo em prática. Às vezes só preciso de ajuda, mas não consigo pedir isso a ninguém – quero mostrar que sou capaz de resolver sozinha os meus problemas. Tem aqueles dias que quero abandonar meu carro no meio de tudo isso e sair andando, mas não posso fazer isso com todos aqueles que acreditam em mim – e isso também só iria congestionar ainda mais. Não quero ser vista como um problema, não posso deixar meu carrinho nas mãos dos outros. Tudo iria acabar sendo em vão. E o que me resta é dizer para mim mesma, aguenta um pouco mais, aguenta um pouco mais…

E assim são meus dias, sei que na vida sempre encontrarei congestionamentos, mas espero achar logo o meu rumo e conseguir chegar ao meu destino um dia. Só que enquanto isso não acontece pego o meu CD do Bon Jovi e o coloco para tocar It’s My Life no último volume – amo essa música – e fico cantando como se fosse uma cantora famosa em um de seus shows. Só assim me esqueço por alguns minutos de tudo e sinto o sabor da liberdade, mesmo ainda estando presa a esse caos que sou obrigada a chamar de vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s