Sobre relacionamento à distância.

A maioria das pessoas costumam ter uma visão ruim de um relacionamento à distância, muitas já tem uma opinião formada de que não dar certo. Não posso dizer que todos os relacionamentos assim dão certo, mas tem aqueles que conseguem enfrentar a distância. Utilizando a matemática tem 50% de chances de dar certo assim como tem 50% de chances de não dar certo. É igual a qualquer outro relacionamento, ou seja, tem dificuldades.

Uma das coisas mais ruins é saudade que um sente do outro, parece que ela nunca vai passar e as pessoas dizem que com o tempo isso ameniza, mas isso é uma mentira, quanto mais o tempo passa mais a saudade aumenta. Você vai sair com os amigos, ele não vai está lá. Você vai a uma festa, ele não vai está lá. Você vai tomar um sorvete, ele não vai está lá. Você vai assistir um filme, ele não vai está lá. Você olha o calendário e percebe que ainda faltam tantos dias até vocês se reencontrarem. Parece que o destino, o tempo, o cosmo estão rindo da sua cara. A saudade passa a ser uma tortura!

Dessa forma, com os km que os separam uma frase mal interpretada pode ser a causadora de uma grande briga e até levar ao término, nessas circunstâncias o diálogo se torna algo essencial. Não tem como manter um relacionamento onde apenas uma pessoa se esforça. Não se trata de um monólogo. Os dois lados tem que colaborar, até porque o diálogo é a única coisa que mantem vocês juntos em um relacionamento à distância. Por experiência própria essa é melhor parte e a que dura até vocês se reencontrarem. É no momento do conversar que você passa a conhecer aquela pessoa internamente. Seus pensamentos, emoções, desejos… É o melhor momento, ever!

x54cg3

É natural que em algum momento a insegurança e os ciúmes comecem a aparecer. Ficam ainda mais visíveis quando a outra pessoa começa a criar uma nova vida, com novos amigos/as, com uma nova rotina… Pode ser egoismo, mas você para e pensa: Ele deveria está aqui comigo, mas não está. Brigas, brigas, brigas por causa de ciúmes. Não é falta de confiança na pessoa, e sim raiva de não poder estar perto como as outras.

Não se assuste essas coisas acontecem em um relacionamento, seja a distância ou não. Pode parecer difícil, mas não deixe que seu relacionamento caia na rotina, procure sempre fazer algo diferente. Não é tão limitado quanto parece. Marquem para assistir o mesmo filme ou leiam o mesmo livro e conversem sobre ele. Mande um presente que demonstre o quanto você sabe e se importa com ele. Na época mandei um livro para o meu namorado e ele me deu uma coruja de pelúcia, um cordão de coruja, entre outras coisas. Lembre-se: arrisque em algo diferente.

Sempre faça planos para o futuro, pode parecer um pouco cedo, pode ser que não dê certo, mas isso vai te dar forças para continuar. Não se pode começar um relacionamento já pensando no término. Tem que ter planos, o desejo de dividir uma casa com a pessoa que você ama, o casamento, os 17 filhos, as viagens que pretendem fazer juntos… Namoro à distância não é um quebra cabeças de 5.000 peças, mas é um relacionamento como outro qualquer, repleto de bons e maus momentos. É preciso o querer um do outro para dar certo.

Anúncios

Sobre ter você na minha vida.

Certo dia passeando por um parque me sentei em um banquinho distante de todos e fiquei a senti a brisa fria daquele inverno. Até que um senhor aproximou-se e sentou-se ao meu lado. Ele falou do tempo e de como gostava de dias como aquele, me contou sobre sua vida e me contou a sua história de amor, fiquei tão encantada que lhe contei a minha também. Que por sinal ele ficou muito interessado.

Ele então começou a falar: Na minha época amores assim tinham aos montes, porém hoje em dia as pessoas se esqueceram de esperar, de provar que existem sentimentos que superam tudo, inclusive à distância. É difícil encontrar um relacionamento como o seu ainda mais com o companheirismo de vocês.

Fiquei feliz em ver como ele gostou do nosso relacionamento, mas não esperava aquela pergunta que veio em seguida: “Por que você gosta dele?” Mais uma vez eu iria usar aquela resposta que sempre uso: “Ah, apenas gosto dele. Não consigo explicar.” Porém não consegui pronuncia-la. Aquela resposta não era o suficiente. Da minha boca saíram outras palavras.

“Ele faz meus dias mais felizes, mesmo com essa distância horrível nos separando, em cada telefonema ele consegue me deixar ainda mais apaixonada. Quando a gente resolveu continuar namorando eu senti medo, muito medo, e alguns meses atrás fiquei com dúvidas se isso realmente iria dar certo ou se deveríamos mesmo levar esse relacionamento adiante. Mas em uma noite qualquer lendo alguns textos que ele escreveu pra mim percebi que cometeria um erro terrível se terminasse com ele. Acho que naquele momento percebi o quanto ele é importante na minha vida…”.

Parei e fiquei observando os casais que estavam ali, acabei me perdendo dentro dos meus devaneios, até que o senhor que estava ao meu lado começou a rir de mim. “Você não sabe o quanto fica engraçada quando pensa nele.” Ele disse. Apenas sorri, até queria perguntar como ele sabia que era em você que eu estava pensando, mas isso não é tão difícil de descobrir. Ultimamente passo a maior parte do meu tempo imaginando o dia em que vou poder senti seu cheiro, o calor do seu corpo diante do meu, os seus lábios novamente.

“Sabe, todas as vezes que digo ter um namorado perfeito ele discorda, prefere ser chamado de ‘namorado incrível’. Mas aqui entre a gente, ele é o namorado perfeito. Ele é o tipo de cara que só existe nos livros da minha estante. O mesmo que eu achava que só existia em meus pensamentos. Eu sou pateticamente apaixonada por ele.” Ele ficou me olhando até que resolveu se pronunciar.

“É difícil você falar sobre os seus sentimentos pra ele?” Apenas assenti com a cabeça. “É ainda mais difícil você tentar me explicar isso?” “Não, mas…” Ele me interrompeu. “Mas você mesmo assim não consegue encontrar palavras para me explicar seus sentimentos, e a única certeza que tem é que está apaixonada por ele.” Fiquei assustada quando escutei aquelas palavras era exatamente o que eu ia dizer a ele. “Não fique assim. Apenas já vi essa história antes, alguns anos atrás e se quiser posso lhe contar como termina.” A minha mente estava conturbada, não queria escutar o final da tal história, só queria sair dali. “Desculpe, mas preciso ir. Foi um prazer conhece-lo” Eu disse, e ele sorriu. Me levantei e saí andando. Mas antes de me distanciar ele me gritou. Virei e fiquei olhando-o. “Talvez o que você sinta por ele seja bem maior…” Ele disse. Apenas assenti e continuei andando.

“Talvez ele esteja certo.” Dizia isso baixinho para mim mesma. “Talvez não seja apenas paixão, talvez isso seja amor. Dizem que o amor é o único sentimento que não podemos explicar, apenas senti.” Acabei me perdendo dentro dos meus pensamentos. Continuei andando, quem sabe quando chegar a minha casa ao invés de talvez’s eu já tenha uma certeza…

“Eu o amo…”

Apenas mais uma história de amor…

Todo novo dia é especial quando temos alguém importante ao nosso lado. Ainda mais quando sabemos que o sentimento que damos é recíproco. Nada melhor do que amar e ser amado.

Tudo que é novo, a principio, é assustador. O nosso relacionamento não foi diferente, eram tantas perguntas, incertezas, só buscávamos uma única resposta, se iria dar certo. Mas bem antes disso só haviam sorrisos, alias tudo iniciou de uma brincadeira. Melhores amigos, namorados de mentira, namorados de verdade. Temos uma longa trajetória. Me lembro como se fosse hoje nós sentados no banquinho que tem na frente da minha casa, e em meio a tantos assuntos você deu a ideia de sermos namorados de mentira. Achei aquilo engraçado e concordei. Criamos uma peça e deveríamos ganhar prêmios já que fomos tão bons atores que enganamos até aqueles que já sabiam que o namoro era falso. Era para durar uma semana e já estamos juntos há 230 dias.

Um acidente, algumas palavras e um beijo fora do roteiro mudou todo o percurso da história. Melhorou a história. Mas não estávamos esperando um empurrãozinho do destino – sim, eu continuo achando que foi destino. Tínhamos que tomar uma decisão e tudo que nos restava era conversar. Creio que aquele nosso dialogo foi o mais complicado, cheio de sentimentos conturbados, o medo de colocamos tudo a perder, as diferenças que tínhamos, não era fácil nos imaginamos juntos, mas mesmo assim arriscamos. Apenas tendo a certeza que tudo dependia e depende da gente.

Eu sabia que você ia embora e que só me restava menos de 3 meses ao seu lado. Nesse período fiz de tudo o que estava ao meu alcance para aproveitar o tempo com você e conforme a data ia se aproximando o meu coração ficava mais apertado. Tinha um medo enorme de te perder, de me apaixonar e não conseguir te esquecer. Quando faltava menos de uma semana para sua viagem ficar ao seu lado já estava se tornando insuportável, pensar que em poucos dias não teria mais você aqui, isso estava me enlouquecendo. Não estava sabendo lidar com aquela situação. Foi aí que descobri que já estava apegada a você.

Só tínhamos mais 48 horas, era a nossa última noite a sois, eu fui para a sua casa, nossos planos era assistir a um filme infantil, mas diante de tão pouco tempo que nos restava resolvemos aproveitar. No meio de beijos, mordidas, brigas, abraços, você disse que estava apaixonado por mim. Tentei esconder, mas neste momento dentro de mim estava tendo um tsunami, queria cair no choro e pedir para você ficar. Porém tudo o que fiz foi sorrir. Eu estava feliz. Quando menos percebi já haviam saído da minha boca a frase “também estou apaixonada por você”.

Quando chegou a hora da despedida achei que não aguentaria, um filme se passava na minha cabeça, cada sorriso, discussão, brincadeira… Nós ali no mesmo lugar onde tudo tinha iniciado. Não consegui conter minhas lagrimas. Mas tudo mudou quando perguntei o que aconteceria com a gente. Após alguns minutos conversando chegamos a conclusão que deveríamos continuar o relacionamento, e descobrir até onde esse sentimento irá nós levar.

E aqui estamos, sobrevivendo a essa distância. Tem dias que são fáceis, alguns outros difíceis. Há aqueles que tudo que queremos é está próximos um do outro. Assim estamos construindo nosso relacionamento.

A saudade é enorme. Aliás sinto saudades de muitas coisas. Saudades dos seus abraços, das nossas guerras de polegares, de poder te morder, de assistir filmes agarradinha com você (tentar assistir), da nossa brincadeira de abrir e fechar as mãos, do seu sorriso safado, do seu olhar psicopático, dos desenhos que fazíamos juntos… SINTO SAUDADES DE VOCÊ! E a cada dia que passa minha felicidade aumenta, só por saber que é um dia a menos no nosso calendário.

Texto escrito no dia 14/06/2014 para o meu amor ❤

10 coisas que você precisa saber sobre namoro a distância.

desenho.1

01. Quando entramos em um relacionamento buscamos por segurança, em relacionamentos a distância isso não é diferente, mas devido aos km que os separam a cobrança é bem maior. Ela pode ser considerada a grande causadora de muitas brigas.

02. Sempre dizem que os primeiros dias são os mais difíceis porque você precisa primeiro se adaptar longe do seu namorado. Mas por experiência própria afirmo que  isso é uma mentira. Você vai percebendo isso quando já estão com 1, 2, ou 3 meses distantes e todo aquele sentimento do inicio, ao invés de diminuir, faz é se multiplicar e junto com ele vem a carência, as lembranças dos momentos que vocês compartilharam, e isso só vai passar quando vocês estiverem novamente juntos.

03. Acho que todo mundo sabe que a confiança é a base de qualquer relacionamento, e em um relacionamento a distância isso é altamente fundamental. Veja bem, vocês estão a km de distância um do outro e se não tiver confiança como isso vai pra frente? Não tem como.

04. Manter  um contato com quem está a km de distância de você se tornou fácil com os múltiplos meios que a internet oferece. Então se você estiver pensando em entrar em um relacionamento assim é bom ter logo uma conta no Skype, por que ele vai acabar se tornando um grande amigo seu.

05. Senti vontade de matar uma pessoa é altamente normal, mas querer matar a pessoa que faz seus dias mais felizes é estranho, certo? Porém quando se está namorando a distância isso passa a ser super normal, ainda mais se você tiver um namorado igual o meu, que tem a habilidade de me irritar em menos de 1 minuto. Mesmo assim gosto de você amor. ❤

06. Uma vez li em um site que quando se está apaixonada as músicas românticas ficam ainda mais melosas, principalmente aquelas que te fazem lembrar do seu amor. Acredite, isso é verdade!

07. Acho que isto é algo que todo mundo já escutou “quando se está apaixonada a pessoa fica mais boba”, mas em relacionamentos que existem a palavra “distância” o nível de demonstrações de afeto é altíssimo, em outras palavras você fica extremamente boba.

08. A saudade é insuportável. Não tem como eu explicar isso, ok?

09. Se você é do tipo que não sente ciúmes desculpe lhe informar isso, mas em um relacionamento assim você vai despertar seu lado ciumenta. Por mais que não queira sempre vai ter uma coisinha que lhe fará senti ciúmes.

10. Diálogo é algo muito importante em qualquer relacionamento, principalmente em um namoro a distância, alias estou cansada de ler sobre casais que terminam o namoro por falta disso. Não importa o quão chato tenha sido seu dia a pessoa que está ao seu lado só quer escutar, ler, saber o que está acontecendo com você, porque isso é a única coisa que mantem vocês dois próximos um do outro.

P.s. Acabei criando essa lista me baseando em alguns textos que já li e no meu próprio relacionamento a distância.