Os melhores filmes de Natal para você assistir!

Hi! Se tem uma coisa que amo fazer na semana de Natal é ficar em casa assistindo filmes e procuro sempre aqueles que são feitos especialmente para essa época do ano. Sabe, assistir esses filmes me lembra muito a minha infância, quando era criança na véspera de Natal sempre visitava meus avos (até hoje faço isso) e depois retornava para casa o mais rápido possível pra ficar assistindo aqueles filmes de Natal que passavam no SBT. Não tinha coisa melhor do que ficar fazendo isso. Lembro que uma vez a minha vó chegou da Missa do Galo, ficou comigo na sala até terminar o filme e depois me colocou para dormir. Bateu uma saudade grande agora.  ❤

Depois de algumas horas selecionei os 6 filmes que não podem faltar no meu Natal! Haha.

15554633_981726328599129_676750948_n

Um Natal Muito, Muito Louco Os Kranks sempre passaram o Natal juntos, mas este ano será diferente. Com Blair trabalhando como voluntária no Corpo de Paz no Peru, Luther e Nora já estão se conformando em ter que passar um Natal solitário. Até que Luther vê um cartaz exposto em uma agência de viagens, anunciando uma excursão ao Caribe. Ao fazer as contas Luther percebe que, caso sua família não tenha uma festa natalina, ele e Nora poderão viajar. Inicialmente relutante, Nora termina por concordar com a idéia. Porém ela não agrada os vizinhos do casal, principalmente após Luther decidir não colocar no telhado seu tradicional boneco de neve iluminado, o que pode fazer com que a rua em que mora não ganhe o tradicional concurso de decoração natalina. Após várias desavenças com os vizinhos, os Kranks são obrigados a mudar de planos quando Blair liga e avisa que poderá passar o Natal em casa com eles, dando-lhes apenas 24 horas para organizar tudo.

Um Natal Brilhante – Steve Finch adora comemorar o Natal. Todo ano ele segue uma série de curiosas tradições natalinas, que muitas vezes desagradam sua esposa Kelly e seus filhos Madison e Carter. Porém a alegria natalina de Steve é destruída quando Buddy Hall, um vendedor de carros, torna-se seu vizinho. Logo surge uma rivalidade entre eles, envolvendo as comemorações de Natal.

Sobrevivendo ao natal Drew Lathan é um homem rico, que está cansado de passar o Natal sozinho. Ele decide retornar à casa onde cresceu, na esperança de recuperar o espírito natalino e as grandes festas da época. Porém há um problema, no local vive uma família completamente desconhecida. Decidido a ter novamente um Natal em família, Drew tem uma ideia, resolve oferecer US$ 250 mil para as pessoas que estão na casa em troca deles serem sua família no Natal. Tom, o chefe da família, topa o acordo. Mas a convivência de Drew com eles não será muito fácil.

15554756_981726295265799_1415013963_n

Um Herói De Brinquedo – Howard Langston, que é viciado em trabalho e não tem tempo para nada, quer agradar seu filho Jamie e promete a ele o brinquedo mais disputado do Natal, o Turbo-Man. Na véspera do Natal, o brinquedo está praticamente esgotado e em sua jornada para cumprir o que prometeu, Langston terá que enfrentar o carteiro Myron, outro pai com a mesma intenção.

Um Amigo Muito Especial (Le Père Noël) – Antoine tem o desejo de passear no trenó do Papai Noel. Na noite de Natal, um ladrão vestido de Papai Noel cai em sua varanda e o garoto insiste em acompanhá-lo para realizar seu sonho. Juntos viverão uma mágica aventura sobre os telhados de Paris.

Esqueceram De Mim – Uma família de Chicago planeja passar o Natal em Paris. Porém, em meio às confusões da viagem, um dos filhos, Kevin, acaba esquecido em casa. O garoto de apenas oito anos é obrigado a se virar sozinho e defender a casa de dois insistentes ladrões.

Espero que você tenha gostado dos filmes que selecionei e, se você conhece algum filme bom de Natal que não está nessa lista deixa o nome nos comentários! 💋img_5136

Os melhores filmes de terror para você assistir no Halloween.

429819_10150718561290941_944663228_nSempre gostei de imaginar como seria se aqui no Brasil fosse comemorado o Halloween, com certeza, depois do Natal esse seria o meu feriado favorito do ano. Tempos atrás meus amigos e eu comemorava essa data. Passávamos a noite do dia 31 de Outubro assistindo filmes de terror, fazendo pizzas caseiras e depois contando histórias assustadoras. Era muito divertido, ainda mais porque a gente tentava entrar no clima até mesmo com as roupas.

Praticamente todo ano aqui na minha cidade tem alguma festa de Halloween, quase sempre é em uma escola. O pessoal vende ingresso, faz uma decoração bacana, escolhem boas músicas, as vezes tem até desfile para escolher as melhores fantasias. Ou seja, é bem animado. Porém, como ocorre em uma instituição de ensino termina muito cedo. Mas quando se tem amigos a diversão dura até tarde mesmo que seja em uma praça abandonada. Haha.

Diante disso, trouxe aqui algumas dicas de filmes de terror. E se você ainda não tem planos pro dia 31, que tal assistir algum desses filmes com os amigos ou com aquela pessoa especial? Deixe se envolver com o clima sombrio e crie sua noite do terror.

zzzzzz

Invocação do Mal Antes de Amityville, houve Harrisville. “Invocação do Mal” narra o conto horripilante de Ed e Lorraine Warren (Patrick Wilson e Vera Farmiga), investigadores paranormais de renome mundial, que foram chamados para ajudar uma família aterrorizada por uma presença maligna em uma fazenda isolada. Forçados a confrontar uma poderosa entidade demoníaca, os Warrens encontram-se presos no caso mais terrível de suas vidas.

O Exorcismo de Emily Rose – Emily Rose é uma jovem católica que sai do campo para ingressar na universidade. A mudança que parecia para melhor, se transforma em um pesadelo. Um dia, sozinha em seu quarto no alojamento, ela tem uma alucinação e logo perde a consciência. As visões e comportamentos estranhos se tornam cada vez mais freqüentes e são presenciados por diversas pessoas. A ciência define tais eventos como uma epilepsia com tendências para a psicose. O estudo, entretanto, parece não conseguir a cura e a garota, em busca do alívio para o sofrimento, aceita ser submetida a uma sessão de exorcismo.

Possessão  O casal Clyde (Jeffrey Dean Morgan) e Stephanie Brenek (Kyra Sedgwick) não dão muita importância quando a filha mais nova deles, Em (Natasha Calis), fica obcecado por uma velha caixa de madeira que encontrou em um brechó. Entretanto, aos poucos a garota muda de comportamento, o que faz com que os pais desconfiem que tenha alguma ligação com seu objeto de adoração. É quando descobrem que a caixa contém um dibbuk, um espírito que, pouco a pouco, devora seu hospedeiro humano.

zz

Halloween: A Noite do Terror – Michael Myers (Tony Moran) é um psicopata que vive em uma instituição há 15 anos, desde quando matou sua própria irmã. Porém, ele consegue fugir de seu cativeiro e retorna à sua cidade natal para continuar seus crimes na localidade que, aterrorizada, ainda se lembra dele.

Evocando Espíritos Quando Matt (Kyle Gallner), filho de Sara (Virginia Madsen) e Peter Campbell (Martin Donovan), é diagnosticado com câncer, toda a família precisa se mudar para um local mais próximo da clínica onde realizará seu tratamento. Aos poucos Matt apresenta sintomas estranhos, tendo uma súbita mudança de comportamento. Ao pesquisar o passado da nova casa, Sara e Peter descobrem que ela fora um centro de pesquisas que procurava algo além do que o simples contato com espíritos.

A Hora do Pesadelo – Um grupo de adolescentes de um subúrbio americano tem um sonho em comum, envolvendo Freddy Krueger (Jackie Earle Haley). Ele é um assassino desfigurado, que sempre os persegue em seus sonhos. Enquanto eles estão acordados não há risco algum, mas quando adormecem é a chance que Krueger tem para dominá-los.

Tem um ou três filmes nessa lista que são antigos e no fim das contas todo mundo já deve ter assistido algum dia, mas são os tipos de filmes que vale a pena recordar no Halloween. Espero que tenham gostado da minha dica, e podem aguardar que pretendo fazer mais dois post’s relacionados a essa data. Haha.

Pessoal, estou aceitando dicas de filmes de terror, então se vocês conhecem algum legal que não está nessa lista deixa o nome nos comentários. Agradeço de coração. ❤

Entrevista da Meg Cabot para a revista Cosmopolitan [tradução]

Meg Cabot teve sua grande oportunidade após 10 anos de luta para se tornar uma escritora de sucesso.

8421123768_439a72b360

A entrevista oficial se encontra no site da Cosmopolitan (e está em inglês), desculpe-me desde já se a tradução não está muito boa, mas não sei bem o inglês e acabei recorrendo ao Google Tradutor.

“Quando começou a escrever suas próprias histórias como uma adolescente, sua mãe a incentivou, mas também avisou que ela iria lutar, que seus livros poderiam nunca serem publicados, e que talvez ela precisava trabalhar em um segundo emprego por tempo indeterminado.

A maioria dessas coisas foi verdade para Cabot. Ela trabalhava na sua escrita e publicou alguns livros em sua idade adulta. Mas ela precisou de um segundo emprego por 10 anos até inventar a história sobre uma princesa que se transformou em o mega best-seller O Diário da Princesa. Cabot é também a autora da série sobrenatural A Mediadora, de vários romances, e de ficções adolescentes. Ela publicou mais de 80 livros, que foram vendidos mais de 25 milhões de cópias em todo o mundo. Um novo livro Diário da Princesa, casamento real, foi lançado este mês, e dois novos títulos estão previstos para 2016.

Cabot, 48, que vive com o marido em Key West, Flórida, fala sobre encontrar inspiração para suas histórias na vida cotidiana e a importância de  insistir em algo que você ama.”

Ambos os meus pais eram professores, e eu cresci em uma cidade universitária, em Bloomington, Indiana. Meu pai trabalhou na universidade, e assim fez um monte de pais dos meus amigos. Quando você vê seus pais lendo o tempo todo e todos os seus amigos e pais de amigos, isso é apenas o que você faz. Houve uma ênfase em escrever histórias também. Se estava chovendo lá fora, meus pais diriam: “Aqui estão alguns lápis e papel, escreve uma história.” Eu simplesmente nunca superei isso.

Eu comecei a escrever Star Wars fanfiction quando eu tinha 11 ou 12 anos. Eu realmente me identificava com a personagem da princesa Leia. Foi a primeira vez em um filme que eu tinha visto uma personagem que pegou uma arma e estava atirando nos homens e também governou sobre estes combatentes rebeldes e que também era uma princesa.

Meu fanfiction era tudo sobre o que Luke e Leia fez depois. Eu não sabia que eles eram irmão e irmã, por isso era tudo sobre eles ficar juntos. Então, eventualmente, a minha mãe disse que não há tal coisa como a lei de direitos autorais. Você está gastando todo esse tempo escrevendo este e você nunca será capaz de publicar. Então eu comecei a escrever minhas próprias histórias que eram como Star Wars, mas em um planeta diferente.

Ser uma escritora não era algo que deixava meus pais super empolgados para que eu seja. Eles sabiam que era uma vida dura e que seria difícil publicar algo. Minha mãe queria que eu entende-se que eu teria que procurar outro trabalho também.

Leia mais »

Filme – Hana Yori Dango

largeNão estou acreditando que já estou resenhando o filme, parece que foi ontem que comecei a assistir Hana Yori Dango, não esperava muito desse j-drama, mas confesso que ele acabou me surpreendendo. E o que dizer do casal que me deixou noites com insônia? Eu vou senti saudades. Acompanhar a história de Makino e Domyoji foi desafiador, eles me tiraram do serio muitas vezes por serem cabeças duras e não aceitarem de uma vez por todas que foram feitos um para o outro. Mas só tenho a agradecer a eles por terem me mostrado um lado diferente de ver o relacionamento.

Depois daquele final sensacional da segunda temporada tudo o que esperava do filme era o casamento deles. Porém mais uma vez fui surpreendida.

Já se passou 4 anos e após tanto esperar Domyoji realiza uma grande conferência para anunciar ao mundo o seu casamento com Makino. Após isso acontece um encontro das famílias de ambas as partes. Para oficializar essa união a mãe de Domyoji dar um presente para Makino, uma tiara muito preciosa, que vem se passando de geração em geração. Até aí tudo bem.

Na mesma noite um bandido invade o hotel onde os dois estão hospedados e rouba a valiosa tiara. Imaginem o que aconteceria se a mãe de Domyoji descobrisse que a tiara foi roubada? Makino não estaria em uma boa situação. Foi pensando nisso que Domyoji resolveu embarcar em uma viagem com Makino afim de recuperar a tiara e pegar quem a roubou.

O primeiro destino foi Las Vegas, após longas confusões eles embarcam para Hong Kong com os F4 que resolvem ajuda-los. Mas os dois acabam ficando perdidos em uma ilha no meio da nada e descobrem algo sensacional. Agora como isso tudo aconteceu é que deixa a história muito interessante.

Não poderia deixar de comentar que as dúvidas de Makino voltaram com tudo nesse filme. É de deixar qualquer um com raiva. Mas o final foi tão perfeito que me fez relevar isso e perdoar ela. Ou seja, chorei horrores com tudo que veio a acontecer. E, sinceramente, ainda não estou preparada emocionalmente para assistir a um novo dorama. Aliás sempre que possível vou reassitir e matar a saudade de Hana Yori Dango.

Ps. Para quem ficou interessado o filme está disponível no YouTube.

Filmes para você assistir no natal <3

#ds385 - Red Wool Socks Eu amo o Natal! Ainda mais agora depois do que aconteceu de madrugada <3. Bom, acho que eu poderia ficar repetindo essa frase por horas! Mas me digam o que a gente pode amar mais que o Natal? Para aqueles que responderam a comida, estão certo também, mas neste momento são os desenhos e filmes que nessa data passam, principalmente os da SBT. Então, separei aqui os 3 filmes que no meu Natal não podem faltar.  .
.
Mensagem Instantânea
– Seth e Gina ficaram amigos desde um trabalho do colégio, se corresponder com uma pessoa desconhecida, e mesmo o trabalho sendo concluído eles continuaram se comunicando. Até que após anos chegou a oportunidade deles se encontrarem. Na noite anterior ao grande dia, a ansiedade fica grande demais e, com medo, os dois convencem amigos a tomarem os seus lugares. Mas a curiosidade mata o gato, como diz o ditado. Incapazes de ficarem à distância, Seth e Gina decidem espionar seus amigos e dão de cara um com o outro… literalemente! De repente, os quatro estão dentro de um jogo com identidades trocadas. Será que isso vai dar cedo no fim das contas?

Sobrevivendo ao natal – Drew Lathan é um homem rico, que está cansado de passar o Natal sozinho. Ele decide retornar à casa onde cresceu, na esperança de recuperar o espírito natalino e as grandes festas da época. Porém há um problema, no local vive uma família completamente desconhecida. Decidido a ter novamente um Natal em família, Drew tem uma ideia, resolve oferecer US$ 250 mil para as pessoas que estão na casa em troca deles serem sua família no Natal. Tom, o chefe da família, topa o acordo. Mas a convivência de Drew com eles não será muito fácil.

A canção de natal – Barbie é Eden Starling, uma glamurosa cantora de um teatro londrino. Ela odeia o Natal e faz todos ficarem ensaiando para a tão famosa peça de Natal, sem deixar ao menos comemorarem a data. Só que ela não esperava durante a noite receber três espíritos natalinos, o passado, o presente e o futuro. Eles a levam para uma fantástica viagem que mostrará o verdadeiro sentido do Natal.  Tá pessoal, eu sei que é Barbie. Mas a primeira vez que assistir esse filme tinha uns 12 anos, e desde então sou apaixonada por ele. Fora que faz uma alusão ao famoso conto de Charles Dickens chamado o “Um conto de natal”.

Espero que tenham gostado da seleção de filmes que fiz. Porém agora me diga você, qual filme você não pode deixar de assistir no seu Natal? Beijos.

Livro: Um Amor de Cinema

IMG_20141022_141352Demorei uma eternidade para terminar de fazer essa resenha. Não que eu não tenha gostado do livro, porém estava sem tempo pessoal – já deu pra perceber que essa é a minha desculpa pra tudo. Tipo, é verdade! Estou em plena semana de provas e acho que já me ferrei em duas matérias :(. Só arrumei tempo pra terminar essa resenha por que mais tarde só tenho uma prova que acho que sei o assunto. Vou parar de contar meu drama na faculdade e ir logo ao que interessa.

Esse é aquele tipo de livro que você se apaixona por ele mesmo antes de abrir. Tá Luana, como isso é possível? A capa é perfeita e logo de cara nos mostra a magia que esse livro trás e a cada página só tive mais certeza disso.

Um amor de cinema conta a história de Kenzi, uma jovem apaixonada por filmes de comédias românticas, sonhadora, que trabalha como designer e devido a relação que tem com a sua família, acabar fazendo de tudo pra agrada-los, até mesmo ficar noiva do Bradley, um cara loiro, de olhos claros (acho que ele tem olhos claros), simpático, bem sucedido, decidido, o tipo de cara perfeito e que sua família amar. Por ter 30 anos e querer logo montar sua própria família, acabar que escondendo as suas dúvidas e dizendo a si mesma que ele é o cara com quem ela quer passar o resto de sua vida.

As coisas passam a mudar a partir do momento em que Kenzi recebe um pedido de amizade no Facebook, do seu ex-namorado – que eu me apaixonei perdidamente – Shane Bennett. Que por sinal ainda faz seu coração acelerar e suas mãos gelarem. Mas a coisa toda fica ainda mais intensa quando ela descobre que seu emprego tá correndo risco, que sua cunhada está grávida, ou seja, seu casamento ficou como segundo plano da família, e o mais louco é que ela precisa ganhar a conta do Carriage House, que é um restaurando com cinema e que o dono é Shane Bennett, o seu ex-namorado que a traiu e foi embora para a Inglaterra, sem se explicar. Sua vida não podia está melhor, hein?

Ainda tem mais coisa, Shane está disposto a reconquista-la e acabar bolando um plano maluco. Diz que só vai assinar a conta se ela topar encenar com ele cenas de dez filmes. Todos aqueles filmes que eles assistiam juntos, e que ela decorou as falas. Tipo, a cena das compras para o chá de cozinha de Vestida para casar, ou a cena da dança de Dirty Dancing. Tem como não se apaixonar?

Uma coisa que gostei muito é que mesmo com as dúvidas e escolhas chegando vamos no decorrer do livro, acompanhando o amadurecimento de Kenzi, e ao mesmo tempo a conhecendo de verdade. Confesso que não foi difícil me apaixonar pelo Shane! É o tipo de cara engraçado, extrovertido, simpático, romântico, queria o Shane pra mim. Fora que ele e a Kenzi juntos é bem “MEU DEUS QUE QUÍMICA”. Ri por de mais com esses dois, ainda mais durante as cenas. Porém chorei, chorei de tão fofo que era determinados momentos do livro. Tá, sou boba romântica mesmo e se não gosta tá no lugar errado.

Bom, esse livro me proporcionou uma leitura maravilhosa, tanto é que o terminei em menos de uma semana. Amei a formar que a Victoria Van Tiem escreve, é tão simples que nos faz ficar querendo mais. Parece que esse é o primeiro livro que ela escreve e sinceramente já estou ansiosa esperando por outros. Se você gosta de uma leitura rápida, uma história que envolve muito romantismo, novas escolhas, esse com certeza é um livro para você.

1. Sintonia de amor
2. Uma linda mulher
3. O diário de Bridget Jones
4. Vestida para casar
5. Dirty Dancing: ritmo quente 
6. Gatinhas e gatões 
7. Simplesmente amor 
8. Digam o que quiserem 
9. Mensagem para você
10. O casamento do meu melhor amigo

Essa é a lista dos 10 filmes, já tinha assistido alguns, porém com o livro acabei assistindo eles e os outros que não conhecia. Não que seja necessário, mas recomendo você a assistir os filmes da lista, isso acabar deixando a história ainda melhor <3. Beijos.

Minhas músicas favoritas dos contos de fadas da Disney.

Sou apaixonada pelos contos da Disney, as vezes digo que gosto mais de uns, outras vezes de outros, porém não tem como eu escolher um favorito. Quem me conhece sabe o quanto amo histórias românticas e a Disney, por mais clichê que a história seja, sempre me surpreende com algum detalhe que talvez ninguém preste muita atenção. Aproveitei que a semana de prova passou, (UFA!) e resolvi selecionar algumas músicas de filmes da Disney que me encantaram de tão fofas que são. ❤

Enrolados 


A Bela e a Fera


Ciderela


Frozen música 1


Frozen música 2

Espero que tenham gostado, aliás não consigo parar de escutar essas músicas <3. Deixe aqui seu comentário compartilhando qual seu filme da Disney favorito.