Sobre relacionamento à distância.

A maioria das pessoas costumam ter uma visão ruim de um relacionamento à distância, muitas já tem uma opinião formada de que não dar certo. Não posso dizer que todos os relacionamentos assim dão certo, mas tem aqueles que conseguem enfrentar a distância. Utilizando a matemática tem 50% de chances de dar certo assim como tem 50% de chances de não dar certo. É igual a qualquer outro relacionamento, ou seja, tem dificuldades.

Uma das coisas mais ruins é saudade que um sente do outro, parece que ela nunca vai passar e as pessoas dizem que com o tempo isso ameniza, mas isso é uma mentira, quanto mais o tempo passa mais a saudade aumenta. Você vai sair com os amigos, ele não vai está lá. Você vai a uma festa, ele não vai está lá. Você vai tomar um sorvete, ele não vai está lá. Você vai assistir um filme, ele não vai está lá. Você olha o calendário e percebe que ainda faltam tantos dias até vocês se reencontrarem. Parece que o destino, o tempo, o cosmo estão rindo da sua cara. A saudade passa a ser uma tortura!

Dessa forma, com os km que os separam uma frase mal interpretada pode ser a causadora de uma grande briga e até levar ao término, nessas circunstâncias o diálogo se torna algo essencial. Não tem como manter um relacionamento onde apenas uma pessoa se esforça. Não se trata de um monólogo. Os dois lados tem que colaborar, até porque o diálogo é a única coisa que mantem vocês juntos em um relacionamento à distância. Por experiência própria essa é melhor parte e a que dura até vocês se reencontrarem. É no momento do conversar que você passa a conhecer aquela pessoa internamente. Seus pensamentos, emoções, desejos… É o melhor momento, ever!

x54cg3

É natural que em algum momento a insegurança e os ciúmes comecem a aparecer. Ficam ainda mais visíveis quando a outra pessoa começa a criar uma nova vida, com novos amigos/as, com uma nova rotina… Pode ser egoismo, mas você para e pensa: Ele deveria está aqui comigo, mas não está. Brigas, brigas, brigas por causa de ciúmes. Não é falta de confiança na pessoa, e sim raiva de não poder estar perto como as outras.

Não se assuste essas coisas acontecem em um relacionamento, seja a distância ou não. Pode parecer difícil, mas não deixe que seu relacionamento caia na rotina, procure sempre fazer algo diferente. Não é tão limitado quanto parece. Marquem para assistir o mesmo filme ou leiam o mesmo livro e conversem sobre ele. Mande um presente que demonstre o quanto você sabe e se importa com ele. Na época mandei um livro para o meu namorado e ele me deu uma coruja de pelúcia, um cordão de coruja, entre outras coisas. Lembre-se: arrisque em algo diferente.

Sempre faça planos para o futuro, pode parecer um pouco cedo, pode ser que não dê certo, mas isso vai te dar forças para continuar. Não se pode começar um relacionamento já pensando no término. Tem que ter planos, o desejo de dividir uma casa com a pessoa que você ama, o casamento, os 17 filhos, as viagens que pretendem fazer juntos… Namoro à distância não é um quebra cabeças de 5.000 peças, mas é um relacionamento como outro qualquer, repleto de bons e maus momentos. É preciso o querer um do outro para dar certo.

Anúncios

Nós somos…

Nós somos segredos;
Nós somos a brisa fria de uma manhã de sábado;
Nós somos a onda que banha a areia da praia;
Nós somos as nuvens carregadas de chuva que esperam o momento certo de despejar;
Nós somos as folhas que o vento do outono leva sem percurso;
Nós somos as estrelas que brilham no céu;
Nós somos aquela música clichê que toca na rádio;
Nós somos as cordas de um violão;
Nós somos o sorriso de um casal apaixonado;
Nós somos a rosa azul que nasce em um terreno baldio;
Nós somos uma lembrança boa;
Nós somos as velinhas que ficam em cima de um bolo de aniversário;
Nós somos a roupa que espera secar no varal;
Nós somos os olhos de uma coruja no escuro;
Nós somos como Orfeu e Eurídice.

Lembrando dele <3

Hi, daqui a algumas horas estou voltando a minha rotina, pegando o ônibus escolar e indo para a faculdade lá da cidade vizinha. Passar uma hora e meia dentro de um ônibus pode ser cansativo quando não se tem nada para fazer, maioria das vezes acabo levando um livro, mas não é sempre que você está com aquela disposição para ler, aí logo vou para a minha segunda opção que é escutar músicas e mais músicas.

Agora nas férias acabei organizando todas as minhas músicas (já estava na hora) e fazendo diversas playlist’s no meu celular, entre elas tem a “Lembrando dele <3”, que é com músicas que me fazem lembrar do Alex. Ta bom, isso pode parecer muito romântico da minha parte, mas sou uma pessoa romântica e gosto de ser assim. E também a partir de agora nós, provavelmente, só vamos nos ver nos finais de semana, já que estudo durante a noite, então essa playlist é mais pra matar a saudade (ou deixar ela ainda maior).

Parando de enrolar e indo logo para o que interessa resolvi colocar aqui 3 músicas que me fazem lembrar do meu namorado e que marcaram o nosso relacionamento de alguma forma.

A primeira vez que escutamos essa música foi na voz da Mariana Nolasco e acabamos gostando tanto da letra que logo resolvemos que essa seria a nossa música ❤

Lembro-me bem da primeira vez que escutei essa música, Alex tinha escrito uma mensagem com a seguinte frase “You were born to be my baby/And baby, I was made to be your man” só que eu não sabia o significado e muito menos que era uma música. Aí depois ele mostrou a música com a legenda, e a letra é linda, acabo toda vez lembrando dele quando escuto ela.

Nunca fui muito fã da Pitty, mas também não tenho nada contra. Só que essa música marcou a época em que Alex e eu ainda estávamos namorando de mentira, em uma festa que fomos cantamos ela juntos, e de certa maneira parecíamos ligados (não consigo explicar). Depois disso toda vez que escuto essa música lembro dele.

Essas são apenas 3 das diversas músicas que me fazem lembrar do Alex, com certeza vou escutá-las mais tarde. Bom, espero que você goste do post tanto quanto eu gostei de fazer-lo e principalmente de recordar a história que me fez gostar de cada música. Mas agora me diga, você está em algum relacionamento? Se estiver, conte aqui nos comentários qual a trilha sonora de vocês e a história por trás dela. Garanto que você vai se divertir recordando… Beijos!

Sobre as minhas férias…

Férias, férias, férias… Parece que foi ontem a minha última prova do semestre, aquela felicidade estampada em meu rosto, que finalmente estava livre para descansar e me desligar daquela rotina cansativa. Acabou acontecendo tanta coisa em tão pouco tempo que não sei por onde começar. Fora que não fiz metade das coisas que tinha planejado.

Meu namorado voltou de Goiânia, e apesar que a gente não estava mais juntos, acabamos conversando, esclarecendo algumas coisas, e aquele sentimento todo estava ali com a gente novamente, acho que ele nunca nos abandonou. Acabamos ficando e quando foi no dia 25 de dezembro (já amava o natal, agora amo ainda mais) a gente reatou o namoro. ❤ Sem falar que o meu ano novo também foi perfeito.

Do dia 25 em diante só foi ainda mais alegria, já que uma das minhas melhores amiga acabou voltando de Macaé (voltou no inicio de dezembro) a principio pra morar novamente aqui, mas acabou passando mesmo só as férias. Ficou alguns dias aqui em casa, acabamos nos divertindo muito juntas e matando a saudade enorme que estávamos uma da outra. Fora que novamente as Atrevidas (Jasmina, Conceição e eu) estavam juntas.

Teve o festejo de JP, que já falei um pouco aqui sobre a Festa do Rock, mas também teve festa na última noite e quem tocou foi Desejo de Menina, já deu pra perceber a felicidade estampada em meus olhos. Acabei indo com minha família e foi perfeito, ainda acabei conseguindo tirar uma selfie com a Yara a minha diva. ❤

Minha tia lá de DF acabou vindo visitar a mãe dela nas férias e trouxe minha prima e meu primo. Fazia cinco anos que minha prima e eu não nos víamos, só tínhamos contato por Facebook, então acabou sendo muito legal, ainda mais porque ela passou quase duas semanas aqui em casa e foram só pura diversão. Saudades demônio da tasmânia (não me perguntem o porque desse apelido). ❤

Acabei passando muitas noites juntas com o Alex pra matar a saudade (que por sinal é impossível de matar) e outras com os amigos jogando uma boa partida de UNO e Banco Imobiliário. Acabei me viciando em UNO, quase todo santo dia estava jogando gente…

Nessas férias acabei me divertindo muito, aproveitei cada minuto pra descansar e recarregar minhas energias pra volta as aulas (não deu muito certo). Acabei contando apenas alguns momentos, apesar de ter acontecido mais coisas, como o carnaval… Pessoal ainda não me recuperei desse carnaval, mas isso é assunto pra outro post.

Bom, agora me conte aqui nos comentários, o que você fez nas suas férias? Beijos gente bonita.

Ela é perfeita, mas não sabe!

Olá, só estou dando uma passadinha rápida para mostrar essa crônica que é do escritor Hugo Rodrigues, acabei lendo ele através de uma publicação do blog Avesso da Coisa, e gostei tanto que não poderia deixar de mostrar para vocês.

“Geralmente, eu chego em casa cansado. Jogo minhas roupas pelo chão do quarto e sento no sofá com aquela cara de acabado. Ela chega, me grita atenção e fala como uma doida de como foi seu dia. Eu fico entre um “uhum” e outro. Entre uma risada e outra. Mas fico com olhos e ouvidos bem atentos, como um menininho ouvindo uma história de uma heroína que salvou a cidade e ainda lembrou de passar no mercado para comprar meu iogurte predileto.

Ela me faz massagens quando eu peço. Mas só aceita fazer caso eu prometa fazer nela também. Ela trabalha, estuda, inova em seu visual, malha, prepara a comida e ainda arruma tempo para me amar e me pedir para levá-la ao cinema. Às vezes, eu penso como é louco o amor. No começo, eu passava noites em claro só para descobrir a melhor forma de conseguir ter um encontro com ela. E, hoje, ela é quem me convida. No primeiro encontro, eu passei quase duas horas inteiras me arrumando. Coloquei minha melhor roupa e me encharquei com meu melhor perfume só para agradá-la. Hoje, ele me acha lindo de moletom ou suado após o futebol.

Ela me espera. Ela fica ansiosa para me ver e me liga só para dizer que está com saudades. Ela diz que ama e que morre de tesão por mim. Ela me faz carinhos e arranhões que nunca tive e me beija o corpo inteiro. Quando briga comigo por ciúmes é por medo de me perder.

Ela é perfeita, mas não sabe.

O meu lado possessivo até acha isso bom porque no dia que ela perceber que ela é dez mil vezes melhor do que qualquer mulher nesse mundo, vai querer outro cara dez mil vezes melhor do que eu.

E há vários caras perfeitos por aí.

Mas não sei como, ela se encantou por minha barba mal feita, por minhas piadas sem graça e por meus olhos cansados.

Bendita a sorte a minha.

Até hoje, não sei o que falei para ter roubado a atenção dela. E, se um dia descobrir, falarei o dia inteiro. Trato-a como uma rainha tendo a certeza de que não sou merecedor de um lugar em teu altar. Mas me esforço tanto que ela acha graça até das minhas imperfeições.

Você já parou para pensar na sorte que tem em ser o sonho da mulher dos seus sonhos?”

Apenas mais uma história de amor…

Todo novo dia é especial quando temos alguém importante ao nosso lado. Ainda mais quando sabemos que o sentimento que damos é recíproco. Nada melhor do que amar e ser amado.

Tudo que é novo, a principio, é assustador. O nosso relacionamento não foi diferente, eram tantas perguntas, incertezas, só buscávamos uma única resposta, se iria dar certo. Mas bem antes disso só haviam sorrisos, alias tudo iniciou de uma brincadeira. Melhores amigos, namorados de mentira, namorados de verdade. Temos uma longa trajetória. Me lembro como se fosse hoje nós sentados no banquinho que tem na frente da minha casa, e em meio a tantos assuntos você deu a ideia de sermos namorados de mentira. Achei aquilo engraçado e concordei. Criamos uma peça e deveríamos ganhar prêmios já que fomos tão bons atores que enganamos até aqueles que já sabiam que o namoro era falso. Era para durar uma semana e já estamos juntos há 230 dias.

Um acidente, algumas palavras e um beijo fora do roteiro mudou todo o percurso da história. Melhorou a história. Mas não estávamos esperando um empurrãozinho do destino – sim, eu continuo achando que foi destino. Tínhamos que tomar uma decisão e tudo que nos restava era conversar. Creio que aquele nosso dialogo foi o mais complicado, cheio de sentimentos conturbados, o medo de colocamos tudo a perder, as diferenças que tínhamos, não era fácil nos imaginamos juntos, mas mesmo assim arriscamos. Apenas tendo a certeza que tudo dependia e depende da gente.

Eu sabia que você ia embora e que só me restava menos de 3 meses ao seu lado. Nesse período fiz de tudo o que estava ao meu alcance para aproveitar o tempo com você e conforme a data ia se aproximando o meu coração ficava mais apertado. Tinha um medo enorme de te perder, de me apaixonar e não conseguir te esquecer. Quando faltava menos de uma semana para sua viagem ficar ao seu lado já estava se tornando insuportável, pensar que em poucos dias não teria mais você aqui, isso estava me enlouquecendo. Não estava sabendo lidar com aquela situação. Foi aí que descobri que já estava apegada a você.

Só tínhamos mais 48 horas, era a nossa última noite a sois, eu fui para a sua casa, nossos planos era assistir a um filme infantil, mas diante de tão pouco tempo que nos restava resolvemos aproveitar. No meio de beijos, mordidas, brigas, abraços, você disse que estava apaixonado por mim. Tentei esconder, mas neste momento dentro de mim estava tendo um tsunami, queria cair no choro e pedir para você ficar. Porém tudo o que fiz foi sorrir. Eu estava feliz. Quando menos percebi já haviam saído da minha boca a frase “também estou apaixonada por você”.

Quando chegou a hora da despedida achei que não aguentaria, um filme se passava na minha cabeça, cada sorriso, discussão, brincadeira… Nós ali no mesmo lugar onde tudo tinha iniciado. Não consegui conter minhas lagrimas. Mas tudo mudou quando perguntei o que aconteceria com a gente. Após alguns minutos conversando chegamos a conclusão que deveríamos continuar o relacionamento, e descobrir até onde esse sentimento irá nós levar.

E aqui estamos, sobrevivendo a essa distância. Tem dias que são fáceis, alguns outros difíceis. Há aqueles que tudo que queremos é está próximos um do outro. Assim estamos construindo nosso relacionamento.

A saudade é enorme. Aliás sinto saudades de muitas coisas. Saudades dos seus abraços, das nossas guerras de polegares, de poder te morder, de assistir filmes agarradinha com você (tentar assistir), da nossa brincadeira de abrir e fechar as mãos, do seu sorriso safado, do seu olhar psicopático, dos desenhos que fazíamos juntos… SINTO SAUDADES DE VOCÊ! E a cada dia que passa minha felicidade aumenta, só por saber que é um dia a menos no nosso calendário.

Texto escrito no dia 14/06/2014 para o meu amor ❤

10 coisas que você precisa saber sobre namoro a distância.

desenho.1

01. Quando entramos em um relacionamento buscamos por segurança, em relacionamentos a distância isso não é diferente, mas devido aos km que os separam a cobrança é bem maior. Ela pode ser considerada a grande causadora de muitas brigas.

02. Sempre dizem que os primeiros dias são os mais difíceis porque você precisa primeiro se adaptar longe do seu namorado. Mas por experiência própria afirmo que  isso é uma mentira. Você vai percebendo isso quando já estão com 1, 2, ou 3 meses distantes e todo aquele sentimento do inicio, ao invés de diminuir, faz é se multiplicar e junto com ele vem a carência, as lembranças dos momentos que vocês compartilharam, e isso só vai passar quando vocês estiverem novamente juntos.

03. Acho que todo mundo sabe que a confiança é a base de qualquer relacionamento, e em um relacionamento a distância isso é altamente fundamental. Veja bem, vocês estão a km de distância um do outro e se não tiver confiança como isso vai pra frente? Não tem como.

04. Manter  um contato com quem está a km de distância de você se tornou fácil com os múltiplos meios que a internet oferece. Então se você estiver pensando em entrar em um relacionamento assim é bom ter logo uma conta no Skype, por que ele vai acabar se tornando um grande amigo seu.

05. Senti vontade de matar uma pessoa é altamente normal, mas querer matar a pessoa que faz seus dias mais felizes é estranho, certo? Porém quando se está namorando a distância isso passa a ser super normal, ainda mais se você tiver um namorado igual o meu, que tem a habilidade de me irritar em menos de 1 minuto. Mesmo assim gosto de você amor. ❤

06. Uma vez li em um site que quando se está apaixonada as músicas românticas ficam ainda mais melosas, principalmente aquelas que te fazem lembrar do seu amor. Acredite, isso é verdade!

07. Acho que isto é algo que todo mundo já escutou “quando se está apaixonada a pessoa fica mais boba”, mas em relacionamentos que existem a palavra “distância” o nível de demonstrações de afeto é altíssimo, em outras palavras você fica extremamente boba.

08. A saudade é insuportável. Não tem como eu explicar isso, ok?

09. Se você é do tipo que não sente ciúmes desculpe lhe informar isso, mas em um relacionamento assim você vai despertar seu lado ciumenta. Por mais que não queira sempre vai ter uma coisinha que lhe fará senti ciúmes.

10. Diálogo é algo muito importante em qualquer relacionamento, principalmente em um namoro a distância, alias estou cansada de ler sobre casais que terminam o namoro por falta disso. Não importa o quão chato tenha sido seu dia a pessoa que está ao seu lado só quer escutar, ler, saber o que está acontecendo com você, porque isso é a única coisa que mantem vocês dois próximos um do outro.

P.s. Acabei criando essa lista me baseando em alguns textos que já li e no meu próprio relacionamento a distância.